NAVEGUE PELO BLOGUE

7 de novembro de 2009

FREITAS-MAGALHÃES UM RECONHECIDO CIENTISTA FAFENSE







Se por um lado Armindo Magalhães é reconhecido internacionalmente pelo seu trabalho ciêntifico, sobretudo como pioneiro no estudo sobre expressão facial da emoção, por outro lado, alguns sectores da sociedade fafense, consideram o seu passado em Fafe, no minimo controverso.
Não me parece que ele próprio esteja interessado em voltar a frequentar Fafe.
Ou será que é caso para dizer: Armindo Magalhães, ou Prof. Freitas-Magalhães, volta que estás perdoado!
O enorme reconhecimento ciêntifico do escritor Armindo Magalhães ou se preferirem, do Professor Freitas-Magalhães, esse, continua intacto.


"Jamais farei de ti uma memória. Porque a memória é a moldura para os que se perdem. Eu jamais te terei na minha memória porque tu não fazes parte desse baú das perdas(...)"

Armindo Magalhães, Para Nunca Mais, 1999



O Presidente da República, Cavaco Silva, exibe uma expressão facial “congruente, consistente e verdadeira”, segundo revela o Director do Laboratório de Expressão Facial da Emoção, da Universidade Fernando Pessoa, Professor Doutor Armindo Freitas-Magalhães.

Para aquele especialista em expressão facial da emoção, “os movimentos e linguagens faciais do Presidente Cavaco Silva são simétricos e articulados com o discurso verbal e contexto nos quais são produzidos e exibidos”.
Para o Professor Freitas-Magalhães, “a matriz científica consensual que se aplica no exercício do estudo da expressão facial revela coerência psicofisiológica, particularmente das unidades de acção muscular associadas aos estados emocionais”.
Um dos exemplos daquela “harmonia facial” é a expressão do Presidente português, que foi definido pelo Professor Freitas-Magalhães como “um modelo de expressão verdadeira porque cumpre, na íntegra, os pressupostos da intensidade, duração e congruência contextual, apesar de a frequência ser diminuta".

CienciaPT















6 comentários:

António Daniel disse...

As pessoas mudam muito... Possivelmente Fafe também não está muito interessado que volte...

António Daniel disse...

Ou seja, percebi pouco da expressão de Cavaco. Não fosse o bolo-rei, até acreditaria no que o Armindo disse.

António Daniel disse...

Gostaria imenso que o Armindo fizesse uma leitura ao seu rosto. Seria interessante.

António Daniel disse...

O bolo-rei do Presidente deve ter desbaratado a análise quase esotérica do Armindo.

Anónimo disse...

A análise foi do Laboratório do qual o Prof. Freitas-Magalhães é Director e não propriamente de uma pessoa.

Anónimo disse...

"Voltar a Fafe". Esta discussão não faz sentido. Até pelo que li, está a caminho dos Estados Unidos http://www.cienciapt.net/pt/index.php?option=com_content&task=view&id=100120&Itemid=359