NAVEGUE PELO BLOGUE

12 de abril de 2010

CENTENÁRIO DA IMPLANTAÇÃO DA REPÚBLICA


“A PROPÓSITO DA VIAGEM DO REI (D. MANUEL) AO ESTRANGEIRO”

«Afinal, D. Manuel, cheio de gosos, de regalos, ahi chega no sabbado: bem vestido, bem quente, e eu aqui em mangas de camisa com um frio destes!
Cheio de gosos e de regalos, sim. Pois então um rei que diabo faz senão gosar, regala-se, quando passeia? E demais a mais quando passeia para casar-se… Lá se não arranjou noiva, se o snr. de Fife o achou muito novo ainda, é coisa com que nada tenho. Eu cá é que paguei como que elle…arranjasse. Mas do mal o menos: se eu agora já só tenho camisa, se D. Manuel arranjasse noiva, daqui a pouco nem com essa ficava!... Ou que digo?»


Fonte: Jornal "O Desforço" 1907

Sem comentários: