NAVEGUE PELO BLOGUE

27 de maio de 2010

OS GARRANOS DAS SERRAS DE FAFE



O Garrano é a raça de cavalos portuguesa mais antiga, presente no Norte de Portugal desde a Pré-Historia; algumas gravuras rupestres com figuras destes animais revelam também que este pónei sofreu poucas alterações ao longo de vários milénios.
Os Celtas do Norte da Europa introduziram no Norte português um pequeno cavalo com semelhanças ao nosso garrano, daí a designação “Equus Caballus Celticus”.
Estes pequenos cavalos com 125 cm a 142 cm de altura e um peso variável entre os 150Kg e os 200Kg, podem ser avistados em estado semi selvagem no Parque Nacional da Penêda-Gerês , Serra da Cabreira, Serra Amarela, Serra de Arga e um pouco pelas Serranias de Fafe.
Devido ao baixo número de exemplares, o garrano é uma espécie ameaçada de extinção.
As Serras de Fafe instituem um habitat perfeito para esta raça de equídeos. Será que as autoridades competentes estão atentas à preservação desta raça predominantemente nortenha que continua a brilhar em tantas corridas de cavalos como as nossas “dos 17 de Maio”?
Não deveria Fafe devolver à sua Serra algo da paisagem original, depois da “razia” do Parque Eólico?

Sem comentários: