NAVEGUE PELO BLOGUE

17 de janeiro de 2011

ARTISTAS PLÁSTICOS DE FAFE (1)



As Artes Plásticas, sobretudo na sua versão pictórica, são uma vertente muito importante na Cultura de um Povo. Portugal tem bons artistas que têm espalhado por esse mundo fora a sua Arte, muito apreciada no estrangeiro.


Apesar da sua pacatez, Fafe tem também os seus artistas plásticos que naturalmente enriquecem a Cultura do seu torrão natal ou a terra que um dia adoptaram.

Mais conhecidos uns que outros, o certo é que Fafe detém um grupo muito significativo de autores plásticos, com novos valores surgidos nos últimos anos.


Não vamos aqui fazer critica ou enaltecer alguns artistas, que, por algum motivo se destacaram no mundo da pintura artística. Nem sequer temos competência para o fazer, já que não somos críticos de Arte.

Queremos, isso sim, dar o nosso humilde contributo para a divulgação desses artistas fafenses que certamente nem todos conhecerão.


Aproveitando a XXIV Mostra de Artes Plásticas de Fafe, inaugurada recentemente na Casa de Cultura com a chancela do Município, vamos aqui mostrar o rosto e um pouco da obra de cada artista participante nesta exposição colectiva.

Sabemos que existem outros, que por algum motivo, este ano, não participaram. Tentaremos, pouco a pouco identificá-los e dar-lhes também alguma atenção neste espaço de Cultura fafense.

 
 

Amélia Cunha

Maria Amélia L. Silva Cunha nasceu em 19 de Julho de 1951, na freguesia de Medelo, e vive na cidade de Fafe. Possui o Curso de Pintura Decorativa da Escola de Artes Decorativas Soares dos Reis, no Porto, bem como o 2º Ano do Curso de Artes Plásticas – Pintura da Escola Superior de Belas Artes do Porto.

Possui igualmente a licenciatura em Ensino de Educação Tecnológica da Universidade Aberta.

É professora aposentada de Educação Visual e Tecnológica.

Realizou obras no campo da Pintura, Medalhística e Escultura, destacando-se neste particular o busto do Prof. Carlos Teixeira patente no estabelecimento de ensino de que é patrono e que homenageia o grande cientista natural de Aboim e onde Amélia Cunha leccionou.

Amélia Cunha expõe desde 1990, em mostras colectivas e individuais e está representada em colecções particulares, públicas e de solidariedade social.


Fonte: “Dicionário dos Fafenses” de Artur Ferreira Coimbra










Ana Stingl
 Nasceu em Fafe em 11 de Junho de 1961. Licenciou-se em Artes Plásticas – Pintura pela Escola Superior de Belas Artes do Porto, em 1986.

É professora efectiva do 2º ciclo na Escola EB2/3 de Paranhos e reside no Porto.

Expõe colectivamente desde 1985.

Expõe individualmente desde 1987, altura em que apresentou Pintura e Cerâmica na Casa Municipal de Cultura de Fafe.

Em 1990 apresenta desenhos e aguarelas no Café Viana em Braga e na Finalmente Galeria Bar em Guimarães, e no ano seguinte voltou a expor – desta vez óleos – em Braga.

Em 1992 expõe pintura no Ateneu Comercial do Porto e em 2006 faz uma retrospectiva de 20 anos de pintura no Cazal da Lamella, em Revelhe, Fafe. Ainda neste ano volta a expor na galeria Ramos Pereira, na Póvoa de Varzim.

Em Fafe tem participado nas colectivas dos artistas locais desde 1987.

Ao nível das artes gráficas, fez ilustrações para os dois números da revista Perfil do Núcleo de Artes e Letras de Fafe (1992 e 1995), ilustrou os livros de poemas de Benedita Stingl (Momentos, 1993, Marés, 1995, Vento do Sul, 1996 e Corpo Escrito, 1998) e produziu a ilustração e arranjo gráfico para o «Internacional Symposium On Moisture Problems In Building Walls (Porto, 1995)

Está representada em várias colecções particulares e públicas.

Fonte: “Dicionário dos Fafenses” de Artur Ferreira Coimbra, Fafe, 2010

 




                                                
                                                 

António Póvoas
 
Nasceu em Fafe a 4 de Janeiro de 1987.Estudou Artes na Escola Secundária Martins Sarmento em Guimarães onde, no ano 2003/2004 foi considerado o melhor aluno de desenho, tendo recebido o Prémio Professor José de Pina atribuído pela Associação dos Antigos Estudantes do Liceu de Guimarães – “Velhos Nicolinos”.



Formado em Arquitectura pela Universidade do Minho, concluiu em 2009 a sua tese de mestrado em Cultura Arquitectónica, intitulada “A Reabilitação como Processo de Preservação Cultural e Patrimonial: A Herança Arquitectónica e Urbana da Cidade de Fafe”.


Concluída a formação foi admitido a estágio no Departamento de Planeamento e Gestão Urbanística da Câmara Municipal de Fafe, estando em funções até Junho de 2010.


Foi recentemente convidado pela “Kairos – Produções Culturais” a desenvolver a capa para o romance “A Dança dos Alcatruzes” de Oceano de Andrade (personagem literário de José Rui Rocha), com lançamento no próximo dia 28 de Janeiro no Auditório da Biblioteca Municipal de Fafe. O trabalho realizado será exposto nesta mostra de arte.


Exposições Individuais: “Um Olhar para a História” com desenhos ilustrativos da cidade de Guimarães em diferentes técnicas e formatos.


Exposições Colectivas: participou nas XVI (2002), XVIII (2004), XIX (2005), XX (2007) e XXIII (2010) Mostras de Artes Plásticas de Fafe.


Fonte: Catálogo da XXIV Mostra de Artes Plásticas de Fafe, 2011









































Sem comentários: