NAVEGUE PELO BLOGUE

5 de janeiro de 2011

Manuel Barros Lançou “Salpicos de Ideias, Reparos e algumas Historietas”


Na noite da passada terça feira, 4 de Janeiro, o auditório da Biblioteca Municipal encheu para a apresentação do livro “Salpicos de Ideias, Reparos e algumas Historietas” da autoria de Manuel Barros.

Na mesa tiveram assento: a presidente do Rotary Clube de Fafe, Fátima Nogueira; Pompeu Miguel Martins, vereador do Município de Fafe; João Artur Pinto, Presidente da Editora Labirinto; Ribeiro Cardoso, Director do jornal “Povo de Fafe” e o próprio escritor Manuel Barros.



Após a saudação às bandeiras, acto que precede todas as actividades do Rotary, Fátima Nogueira fez a introdução, aproveitando para falar um pouco sobre o Movimento Rotário em Fafe.

O Presidente da Labirinto que editou a presente obra, frisou a riqueza Cultural de Fafe, sobretudo ao nível de escritores.



Seguiu-se o elogio ao livro e ao autor feito por Ribeiro Cardoso. Num discurso bem preparado, o companheiro e amigo do escritor, apresentou a biografia resumida de Manuel Barros e fez uma breve abordagem ao livro, citando alguns excertos do seu conteúdo que considerou “autobiográfico… um repositório de muitas vivências”. Ribeiro Cardoso terminou a sua intervenção, “reivindicando” emocionadamente a medalha de Mérito Concelhio para Manuel Barros.



Visivelmente emocionado, o Professor Barros fez os agradecimentos a todos que contribuíram para a publicação agora lançada e da própria sessão de apresentação. Diz-se “realizado e satisfeito”, passando para os leitores a avaliação da sua obra.

Em representação do Município de Fafe, Pompeu Miguel Martins, enalteceu a postura do autor ao longo da sua vida, sublinhando a sua “elevada ética e dignidade”. Na qualidade de Vereador da Cultura, Pompeu Martins não quis perder a oportunidade para comunicar à plateia, que, apesar da crise económica actual, o Município de Fafe está a fazer um grande esforço visando realizar, em 2011, um conjunto de iniciativas culturais, fazendo uma aposta maior nos valores locais, “importando” menos Cultura.



Coube a Alberto Alves apresentar o jovem pianista fafense José Miguel Dias, sobrinho do escritor, que no final deliciou os presentes com duas interpretações ao piano fortemente ovacionadas.

Seguiu-se a habitual sessão de autógrafos.









Sem comentários: