NAVEGUE PELO BLOGUE

30 de janeiro de 2011

UMA FOTOGRAFIA DE 1922 INTERPRETADA


“ A linda estancia de Sto. Ovidio, com a sua capela construída em 1870, sobre um outeiro onde foram encontradas moedas romanas, com o seu escadorio largo e de ascenção, ladeado de arvoredo, é um efeito deslumbrante na fotocópia.

Nesta veêm-se os editores Alberico Silva “double” de jornalista e engenheiro, Marques dos Reis, espreitando para longe, junto da sua máquina que fotografou as paisagens, os edifícios e as ruas, e sentado um pouco acima, o contista, Laurentino Matos, sempre creança, sempre infantil, num arrubamento místico de sonhador”…

In: Jornal “O Progresso de Fafe” de 2 de Abril de 1922

Sem comentários: