NAVEGUE PELO BLOGUE

12 de abril de 2011

SÉRGIO GODINHO, O REGRESSO APÓS 22 ANOS



O Teatro-Cinema local recebe mais um grande nome da música portuguesa: Sérgio Godinho. O concerto está marcado para a noite deste sábado 16 de Abril. Na sexta-feira, a partir das 16h30, o cantor estará presente na Sala Manuel de Oliveira para uma conversa com o público que terá entrada livre.

Após um espectáculo realizado no Pavilhão Municipal em 22 de Abril de 1989, Sérgio Godinho regressa a Fafe passados de 22 anos.

Depois de “Tim” o Município dá assim continuidade ao programa “Fafe em Concertos Íntimos”, que, num futuro próximo trará ao Teatro-Cinema outros artistas de renome.



33 Anos de carreira bem sucedida

Sérgio Godinho é natural do Porto, onde nasceu há 66 anos. Refractário à Guerra Colonial, com 20 anos de idade partiu de Portugal, percorrendo vários destinos na Europa e no Brasil, onde fez parte de um grupo vanguardista de teatro.

Em França (1971) gravou o seu primeiro LP intitulado “Os Sobreviventes”. Ainda no exílio, o cantor e compositor gravou o álbum “Pré-Histórias”, sucessivamente proibido e autorizado pela censura da altura.

Após a Revolução de Abril de 1974, Sérgio Godinho regressa a Portugal, tornando-se rapidamente em um dos mais aclamados músicos portugueses, compondo e interpretando temas imortais como: “É Terça-feira”, “Com um Brilhozinho nos Olhos”, “O Primeiro Dia”, entre outros.

O artista completou 30 anos de carreira em 2001. Para marcar o momento foram editados 3 CD: “Biografias do Amor”, “Afinidades” com os Clã e, já em 2003, Sérgio Godinho partilha 15 canções com outros grandes nomes da música portuguesa, como Jorge Palma, Teresa Salgueiro, Xutos e Pontapés e outros. Este projecto integrou também nomes destacados da música popular brasileira.

Com 33 anos de carreira, 23 discos editados, 16 dos quais álbuns originais, Sérgio Godinho representa um dos maiores nomes da cena musical portuguesa que Fafe tem agora oportunidade de apreciar.


Sem comentários: