NAVEGUE PELO BLOGUE

5 de junho de 2011

SINALIZAÇÃO ANTIGA É PATRIMÓNIO CULTURAL A PRESERVAR






A sinalética das cidades é ciclicamente alterada, deitando fora os velhos sinais substituindo-os por outros, mais na “moda”.

Defendemos que a sinalética antiga, assim como placas toponímicas, constituem Património a preservar. Muitos destes sinais e indicações já desapareceram. Na cidade de Fafe, poucos são já os exemplares representativos de uma sinalética característica do século XIX e princípio do século XX.

Apresentamos aqui as quatro placas ainda existentes na Rua Dr. José Summavielle Soares. São placas em mármore branco com inscrições em baixo relevo, pintado a preto, cravadas a cobre.

São provavelmente os exemplares mais antigos da sinalética da Vila de outrora. Estas placas devem ser conservadas no local e ser restauradas. Elas correspondem ao testemunho de um passado recente que importa guardar e eventualmente incluir num roteiro de Património de outros tempos que a cidade de Fafe ainda conserva, espalhados pelas suas artérias. Marcas do passado que poucos já reconhecem e identificam.





Sem comentários: