NAVEGUE PELO BLOGUE

19 de novembro de 2011

O “CLUB FAFENSE” RENASCEU



No passado dia 18 e Novembro de 2011, voltaram a acender as luzes de um dos mais belos e históricos imóvel da cidade; O “Club Fafefense”, desactivado há anos, volta agora à ribalta por iniciativa de um grupo de fafenses empenhados em levar por diante a revitalização de uma das mais antigas agremiações do Distrito de Braga. Fundado em 1901, o centenário “Club Fafense” foi um dos principais pólos culturais da Vila de antanho. Moldada às exigências da época, esta colectividade “proporcionava actividades de entretenimento aos seus sócios, dispondo de um bom bilhar, de uma sala de “jogos lícitos” e de um concorrido bar cujo horário alargado e reputação gastronómica perdurou nas memórias orais dos diversos frequentadores.”



«O ressurgimento destas emblemáticas actividades e tradições seculares dinamizadas pelo “Club Fafense”, agora adaptado aos desafios dos novos tempos e mentalidades, como a dignidade e valorização do papel feminino na sociedade, serão um contributo estruturante para o enriquecimento do património histórico-cultural do Concelho de Fafe», é a convicção da nova direcção do “Club”.



Uma visita às inalações, em fase de recuperação, proporcionou ver e rever, recordar e conhecer as memórias de um espaço vocacionado para a cultura e lazer dos fafenses que durante décadas esteve adormecido. Os “Sócios Refundadores do Club Fafense” viram certamente ultrapassadas as expectativas, com a fortíssima adesão que teve esta primeira apresentação. Já num jantar realizado na Quinta das Lamas, cerca de três centenas de convidados assistiram às declarações dos Presidentes do “Club” e do Município, entidade patrocinadora da requalificação do imóvel histórico. A noite culminou com a assinatura de protocolos com o Município de Fafe e oito Associações culturais do Concelho que desta forma comprometem-se na promoção de actividades que dinamizarão aquele espaço.



A cidade de Fafe ganha assim um novo pólo divulgador da cultura fafense, das nossas tradições e memória, servindo-se da boa “prata da casa” e de valores latentes que o renascido “Club Fafense” quer despertar e dar a conhecer.

Sem comentários: