NAVEGUE PELO BLOGUE

15 de fevereiro de 2012

OS CARVOEIROS DE LAGOA E GONTIM







Há 25 anos, na zona de Lagoa e Gontim, em plena serra de Fafe, um número considerável de carvoeiros fabricavam o carvão vegetal, aplicando uma técnica ancestral de “forno” em cova a céu aberto. Atualmente esta prática não existe. Ainda encontramos um ou outro carvoeiro naquela zona, mas o processo de fabrico do carvão evoluiu para uma combustão mais rápida em fornos metálicos. Esta pequena reportagem da RTP realizada em 1987 é um testemunho raro de uma prática que, neste concelho, já se extinguiu.
Mais um precioso contributo para a memória da actividade serrana fafense.

1 comentário:

Anónimo disse...

Obrigado amigo Martinho por este momento, no entanto deixe que lhe diga que estes carvoeiros eram todos de Aboim embora estivessem a queimar nos matos de Gontim, desconheço qualquer ligação das pessoas de Gontim relacionadas com o fabrico de carvão, tambem não é verdade quejá não se fabrique carvão artesanal em Aboim, embora em menor escala devido ás restrições da lei a nivel de fogos florestais, ainda á quem saiba fabricar carvão em Aboim....