NAVEGUE PELO BLOGUE

26 de setembro de 2012

ESCOLA DA FEIRA VELHA "VIROU" CAPELA



Escola da Feira Velha demolida em Agosto de 2008


A Escola da Feira Velha era uma das cinco Escolas Primárias construídas pelo Estado Novo no Concelho de Fafe.

O modelo “Minhoto em pedra” com dois andares e três salas de aula conferia-lhe alguma exclusividade na região, correspondendo a um exemplar único no concelho de Fafe.

Construída em 1940, a Escola da Feira Velha cumpriu a sua função, no âmbito do ensino básico durante sessenta e oito anos.

Independentemente do seu valor arquitetónico, que consideramos relevante, o finado estabelecimento de ensino foi uma das primeiras Escolas públicas da antiga Vila de Fafe. Por lá passaram milhares de fafenses que ali iniciaram a sua aprendizagem. Mais do que um Monumento Histórico da Idade Moderna, a Escola da Feira Velha representou um raro nicho de afectos, originando amizades e consolidando relações humanas que ainda hoje se mantêm.

Aquela simpática Escola assistiu à formação cívica de inúmeros fafenses que, de forma passiva viram sucumbir os seus alicerces culturais sob o impiedoso camartelo… em pleno mês de Agosto, quando a maioria das pessoas gozavam as suas férias; incluindo os periódicos da altura.

Quando o edifício foi demolido a ATRIUMEMORIA ainda não existia, contudo, alguns elementos que actualmente fazem parte da referida associação, assistiram ao desagrado de muitos fafenses pela destruição daquela emblemática Escola que, alegadamente seria reconstruída em outro lugar, com outra função.


Capela particular onde foi reutilizada cantaria da Escola da Feira Velha


E assim aconteceu! O portal e parte da cantaria foram reutilizados na construção de uma capela particular para os lados de S. Gens!


ATRIUMEMORIA 

3 comentários:

Agostinho Goncalves disse...

olhe caro amigo\a a palavra "la para os lados de S.GENS" não será a mais correta... porque qualquer SÃO GENISTA não admitirá comentários desse tipo... porque nos somos uma das principais freguesias do conselho ou ate mesmo a mais rica em monumentos históricos doa quais romanos etc....em vez de dizer "la para os lados de S.GENS" porque não dizer mesmo em S.GENS acho que seria a forma mais correta de o dizer....
RICARDO GONCALVES

Jesus Manuel Pires Martinho disse...

Caro Ricardo: antes de mais quero agradecer-lhe o comentário, ele demonstra um bairrismo já pouco frequente. Mesmo que exagerado, por má interpretação e você sim, fazendo alguma discriminação com outras terras, admiro pessoas que não recalcam os seus sentimentos e ideias. Obviamente que não tenho nada contra S. Gens, é aliás, uma freguesia que admiro muito, também pelo seu rico património. A minha afirmação não tem nada de depreciativo, é antes uma forma comum de expressão... o meu amigo leu mal: eu escrevi "para os lados de S. Gens". Há aqui um "lá" que não existe e, de facto não seria a mesma coisa. Seja como for um dia verificará que o amor que tenho por Fafe é extensivo e equitativo a todas as freguesias sem excepção!
Continue a defender a sua Terra, mas pela razão, sem fazer observações infundadas a quem trabalha graciosamente para promover todas as Terras de Fafe!

Anónimo disse...

São Genista nao admite poucos esclarecimentos quando se trata da sus terrinha..agora já esta melhor,viva Fafe e suas freguesias