NAVEGUE PELO BLOGUE

8 de outubro de 2012

PARQUE DA CIDADE DESCOMPLEXADO


                Clique na imagem para ver pormenores da audição pública

O que até agora era considerado um apreendimento complexo, de grande envergadura, implicando um investimento “astronómico”, parece vir a ter um desfecho simplificado com custos muito mais reduzidos.

Na sequência da audição pública sobre a revisão do projecto do Parque da cidade, o executivo municipal deu um prazo de três meses à Divisão de Projectos Municipais para apresentar um estudo “que vá de encontro às opiniões de simplificação do projecto inicial”, referiu o líder da Câmara Municipal, José Ribeiro, que quer ver uma nova piscina junto do Pavilhão Multiusos, o prolongamento do jardim central à área das matas, criando-se uma grande mancha verde polivalente. Está ainda previsto o encerramento da via circular e a construção de quatro cortes de ténis, dois cobertos e dois de ar livre.

O executivo Municipal procura agora gastar o menos possível no Parque da Cidade, pondo até a hipótese da execução das obras serem feitas por administração directa.

Lembre-se que esta alteração ao projecto inicial é também consequência de uma audição pública, que decorreu nos últimos meses.

É caso para lembrar que, “dificuldade aguça o engenho”.

1 comentário:

Moquinha disse...

E já é tempo de fazer alguma coisa com o espaço. Está há anos numa situação confrangedora e nada abonatória para a nossa cidade.