NAVEGUE PELO BLOGUE

7 de abril de 2013

TEATRO PASSOU AO LADO EM DIA UNIVERSAL






As datas valem o que valem, dirão alguns cépticos. De facto há datas comemorativas que servem apenas para alimentar o consumismo: o Dia dos Namorados, o Dia do Pai, da Mãe e por aí adiante. Outros servem para angariar fundos essenciais para o funcionamento de Instituições, sobretudo ligadas à saúde: Dia da Tuberculose, da Luta contra o Cancro…
Em 2013 Portugal celebra cerca de centena e meia de datas comemorativas, desde o 1º de Janeiro, Dia Mundial da Paz ao 20 de Dezembro, Dia Internacional da Solidariedade.
Entre as comemorações mais populares, temos um conjunto de datas que visam dar maior visibilidade a diversas vertentes da Cultura: a Dança, a Poesia, o Património, os Museus, são apenas alguns exemplos.

No dia 27 de Março comemora-se o Dia Mundial do Teatro, desde 1961, por iniciativa da UNESCO. Estranhamente, o projecto “Fafe Cidade das Artes”, que durante o mês de Março apresentou quatro monólogos em seis sessões, não contemplou o dia em que, no Mundo inteiro, a 5ª Arte é celebrada. Não sei se por distracção ou por opção, certamente não foi por antecipação pois, dita a superstição que festejar antes da data dá azar. Certo é que os responsáveis pelo novo projecto “Fafe Cidade das Artes” pouco ligaram ao dia comemorativo da sua principal actividade, o Teatro.

Um pouco por todo o país, o 27 de Março foi assinalado com inúmeras iniciativas de homenagem à Arte de Talma. Fafe que agora paga a um significativo elenco com actores profissionais residentes, oriundos do extinto Centro de Criatividade da Póvoa de Lanhoso, deveria, na minha opinião, ter promovido alguma iniciativa em dia mundial consagrado ao Teatro.

Não fosse a iniciativa de um restaurante da urbe, que organizou um jantar, onde grande parte da equipa da “Cidade das Artes” participou, o dia Mundial do Teatro teria passado em branco.
Em contrapartida e por ironia do destino, o grupo fafense “Teatro Vitrine” comemorou a efeméride na Póvoa de Lanhoso, apresentando, com enorme sucesso a comédia “Uma Cama para 3”.

As datas comemorativas valem o que valem; mais para uns que para outros, supostamente mais comprometidos com a promoção das Artes no Município.
Este ano Fafe já celebrou o Amor, a Poesia, a Mulher e a Árvore… o Teatro passou ao lado em dia universal.


Edição 53 - 5 Abril 2013
(Editorial)

Sem comentários: