NAVEGUE PELO BLOGUE

29 de abril de 2014

"VAGUEANDO EM SONHOS" A ESTREIA POÉTICA DE JOSÉ MARIA RAMADA


Vagueando em Sonhos é o título da obra de estreia poética de José Maria Ramada, a qual é apresentada esta sexta-feira, 2 de Maio, na Biblioteca Municipal de Fafe, às 21h30.

A obra, que é apresentada pelo escritor Artur Ferreira Coimbra, integra mais de uma centena de poemas, escritos ao longo dos anos pelo autor, nascido em 1958 em Medelo, concelho de Fafe e que desde sempre teve a paixão da escrita.

Após o serviço militar, regressou à sua terra natal, com o sonho de trabalhar como cozinheiro, actividade que ia desenvolvendo enquanto escuteiro, de que foi um dos dirigentes na freguesia e no concelho. Aliás, José Maria Ramada é o escuteiro de Fafe mais condecorado.

Emigrou para a Suíça em 1981, para trabalhar na restauração, altura em que aproveitou para tirar cursos de chefe de cozinha e, posteriormente, de formador, actividades que até hoje desenvolve com toda a dedicação.
Escondia o sonho de um dia vir a editar um livro de poesia, mas antes dele publicou uma história infanto-juvenil, com o título “Flauta Partida”, já em 5ª edição e que visou a angariação de fundos para o projecto humanitário com o subtítulo “Mãos dadas por Moçambique” e que envolveu os escuteiros de Fafe e de Vieira do Minho.

Em 20 de Agosto de 2012 mais de duas dezenas de escuteiros dos dois municípios deslocaram-se a Moçambique, para prestarem homenagem à missionária Irmã Flora de Assis (de seu nome Palmira Lourenço Sampaio, natural de Moreira do Rei, concelho de Fafe, onde nasceu em 28 de Setembro de 1932, tendo falecido em Moçambique em 13 de Abril de 1985, com 52 anos apenas e que serviu de base à estória narrada no livro) mas também entregarem em mão ao povo de Invinha – Gurué (onde faleceu aquela religiosa) os contributos para o projecto.

Da experiência dos escuteiros fafenses e vieirenses, durante duas semanas, em projectos humanitários em Invinha, sobretudo nas áreas sociais e da saúde, resultou o segundo livro de José Maria Ramada, A Viagem – O que os nossos olhos viram e os corações sentiram e que foi apresentado no dia 18 de Março, na Biblioteca Municipal de Fafe, no âmbito das V Jornadas Literárias de Fafe.

Sem comentários: