NAVEGUE PELO BLOGUE

1 de maio de 2014

1º DE MAIO - A PRIMEIRA VEZ EM FAFE


O 1º de Maio

«Também o 1º de Maio, decretado o “Dia do Trabalhador”, foi festejado em Fafe. A massa popular concentrou-se no Teatro-Cinema de Fafe, onde falaram um membro do Partido Comunista de Braga e o senhor Engenheiro Albino Coelho Barros.
Foram dados vivas às Forças Armadas, à Democracia e à República e cantadas as canções “Grândola terra morena”, “Primavera e mocidade” e outras.
De “Primavera e mocidade”, destacamos esta quadra:

Primavera e mocidade
São duas coisas iguais;
A Primavera vai e volta sempre,
O fascismo foi e não volta mais.

Terminou com o Hino Nacional.
Depois da sessão no Teatro-Cinema, que decorreu mais ou menos animada, o povo seguiu até ao Monumento aos Mortos da G. Guerra, onde foram depostos ramos de flores e cantado o Hino Nacional.

Daqui seguiram até à residência do Senhor António Saldanha, prestando-lhe justa homenagem.
Ao contrário de que sucedeu por essas terras do País, onde todos vibraram de entusiasmo e de patriotismo, a coisa por cá esteve pouco animada. Será que muita gente ainda estará arreigada ao fascismo?! Se assim é, convidamo-las a mudar de ideias!...»

In: Jornal “O Desforço”, 2 de Maio de 1974


Sem comentários: