NAVEGUE PELO BLOGUE

28 de junho de 2014

CAPELA DE S. JOÃO DO FERRO COMPLETA HOJE O SEU CINQUENTENÁRIO



Faz hoje, 28 de Junho de 2014, 50 anos que a Capela de S. João do Bairro do Ferro foi inaugurada e sagrada pelo Arcebispo de Braga, Francisco Maria da Silva.
Deixamos aqui reproduzida na integra, a notícia do acontecimento, publicada no jornal “O Desforço”.





A INAUGURAÇÃO DA IGREJA DE S. JORGE

«Lá no cimo da colina, sobranceira ao Bairro de S. Jorge, naquela colina que parece dominar todo o panorama à sua volta, onde Fafe parece imergir na viçosa verdura que o rodeia, realizou-se o sonho que há muito andava no pensamento de um dos Directores da Companhia de Fiação e Tecidos de Fafe, o Engenheiro snr João Mendes Ribeiro. Realizou-se um sonho e satisfez-se uma necessidade – a construção de uma Igreja no populoso Bairro de S. Jorge, pertença da Companhia de F. e T. de Fafe. Esta Igreja em estilo Romano, toda trabalhada com pedra de uma pedreira existente naquele Bairro, trabalhada por operários e dirigida por técnicos daquela Companhia, tem um interior simples e acolhedor, misticamente falando. Os adornos, em estilo rústico, quadunam-se bem com o interior. O altar-mor é encimado por um lindo Cristo em tamanho natural, que parece descer sobre os fiéis!




A Igreja foi inaugurada no dia 28 de Junho findo, tendo recebido o nome de Igreja de S. João. Prisidiu à cerimónia, Sua Ex.a Ver.ma o snr. Arcebispo Primaz, que foi aguardado na Ponte Nova, pelos Directores da C. de Fafe e Tecidos de Fafe, Concelho Fiscal, autoridade, clero, muitas senhoras, comandante da Polícia de Braga, representante do snr. Governador Civil do Distrito, muitas pessoas do Porto, Braga, Guimarães, etc...
Chegado que foi à Ponte Nova, pelas 10,30 horas, o snr. Arcebispo seguiu em cortejo automóvel para a Fábrica do Ferro, onde ao meio da Rua José Ribeiro Vieira de Castro se apeou do seu automóvel, sendo recebido com calorosas palmas e flores, tendo seguido em cortejo a pé, até ao local da Igreja, por entre alas de crianças da cruzada e muito povo que o aclamaram entusiasticamente.



Uma vez no alto da colina, onde se levanta a Igreja e em tribuna improvisada, depois de desfrutar o belo panorama, usou da palavra, em primeiro lugar o pároco de Fafe, ver.º P.e Joaquim José Leite Araújo, que saudou o snr. Arcebispo em seu nome e dos seus paroquianos, versando ainda um tema sobre a Igreja. Seguiu-se-lhe
O Director da Companhia Engenheiro sr. João Mendes Ribeiro, que na sua palavra eloquente foi breve. Por fim falou o snr. Arcebispo, que com a sua palavra quente e quase irónica falou como que brincando, foi breve, tendo-se procedido à inauguração e bênção da Igreja. Seguidamente foi celebrada missa cantada por um coro. Foi celebrante o reverendo Padre Miguel Angelo Pinheiro Gomes, capelão do Hospital, acolitado pelo ver.º P.e Artur Pedrosa Ferreira de Mesquita e ver.º P.e José Matos Fernandes Pereira.
Ao Evangelho, o snr. Arcebispo proferiu uma brilhante alocução própria do dia e do momento, tendo enaltecido a obra do snr. Engenheiro João Mendes Ribeiro.




Findas as cerimónias religiosas a que assistiram muitos convidados, operários e outras pessoas, foi servido um almoço aos convidados, na residência do Engenheiro snr. João Mendes Ribeiro, a que presidiu o snr. Arcebispo Primaz.
À noite, no largo da Igreja, foi representado o “Auto da Alma”, de Gil Vicente, por rapazes do Grupo Nun’Álvares, a que assistiram muitos convidados e outras pessoas.
Parabéns à Companhia por mais este melhoramento com que fica a lucrar a gente daquele Bairro e daquelas redondezas.»

In: Jornal “O Desforço”, 2 de Julho de 1964




Imagens colhidas na noite de S. João, 24 de Junho de 2014















Sem comentários: