NAVEGUE PELO BLOGUE

4 de janeiro de 2015

A NOITE REIS EM FAFE HÁ 114 ANOS



A propósito da noite de Reis em Fafe, o semanário “O Desforço” de 11 de Janeiro de 1900, publicou um breve relato que seguidamente transcrevemos.


A Noite de Reis

«Bem ao contrário das Janeiras, esteve muito animada a noite de Reis entre nós, vendo-se logo ao anoitecer numerosas ranchadas de rapazes por essas ruas a cantar ás portas das habitações, e mais tarde, rapazes imberbes, de mistura com mulheres, também cantavam uns Reis avengados, estafados mesmo, muito á ligeira e tirintando, mortos por se raspar ao frio cortante da noite.
As músicas, que andavam em corrimaça, a ver quem apanhava mais e primeiro, tocavam coisas já conhecidas mas ainda assim seguiam-n’as partidários e disfrutadores em avultado numero.
Orem ahi pela meia-noite, quando era costume prosseguirem pelas ruas ranchadas de bohemios com seus instrumentos e descantes, já nada havia, cruzando apenas as ruas um ou outro vulto. Tudo estava sossegado, cafés e tascas fechadas, ao menos no centro da villa.
E’ que a noite não estava luarina e era fria a valer. Não excitava a rameira ao descante nem o ébrio á guitarrada!
E assim se passam estas noites que animam, que enthusiasmam.»

Sem comentários: