NAVEGUE PELO BLOGUE

27 de janeiro de 2015

PARQUE EÓLICO DE FAFE FUNCIONA HÁ UMA DÉCADA



Considerado um dos maiores Parques Eólicos do país, a sua concretização teve origem na assinatura de um protocolo entre o Município de Fafe e a Gamesa Energia Portugal S.A., em inícios de 2003.

Na altura, o Parque era constituído por 40 aerogeradores, distribuídos pelas freguesias de Moreira do Rei, S. Gens, Pedraído e Várzea Cova, alterando radicalmente a paisagens das serras de Fafe.

As torres metálicas têm 67 metros de altura e cada hélice 43 metros de comprimento, um investimento próximo dos 100 milhões de euros que inicialmente, através da Rede Elétrica Nacional, fornecia energia capaz de satisfazer, em média, cerca de 114.000 habitantes.

O Parque eólico das Terras Altas de Fafe começou a funcionar no final de 2004 e ocupou espaços outrora destinados à pastorícia, que há dez anos já quase não existia, encontrando assim, os proprietários, uma boa contrapartida económica, recebendo anualmente consideráveis rendas pela ocupação dos seus terrenos. Também a Câmara Municipal de Fafe, segundo imprensa da altura, “beneficia de 2,5% do rendimento obtido anualmente pela empresa produtora”.




Mesmo reconhecendo-se a importância deste parque eólico na poupança de petróleo, certo é que apenas alguns fafenses beneficiam directamente com este empreendimento, de enorme impacto na paisagem e incomodativo para alguns habitantes que, apesar deste “progresso”, não viram reduzida a sua conta de electricidade.

Em boa verdade, as serras de Fafe perderam muito do seu encanto natural, mais uma vez, em favor do interesse económico. Contudo, ainda vale a pena visitar as Terras Altas do Concelho de Fafe.




    
Um vídeo de 2010


Sem comentários: