NAVEGUE PELO BLOGUE

25 de abril de 2015

OS “OLHOS DE VIDRO” DOS TELHADOS DE FAFE



As clarabóias centenárias de Fafe são testemunho vivo de um tempo anterior à luz artificial. Aqui e ali, enfeitam os telhados da urbe, apontando o céu que emana luzes variadas, tantas quantos dias tem o ano, que, com maior ou menor intensidade, iluminam interiores de antigas casas, mais ou menos nobres, umas salvas, outras periclitantes, entregues a uma sorte que pode ser madrasta.

São ainda muitos os “olhos”, discretamente altaneiros, em Fafe. Talvez, por isso mesmo, carecem de identificação e levantamento sistemático.

As clarabóias antigas de Fafe foram construídas nos séculos XIX e XX e representam um património relevante a preservar, que deve ser estudado, valorizado e divulgado.

A imagem da clarabóia já simbolizou a “Sala de Visitas do Minho”… Mas, mudam-se os tempos, inventam-se outras simbologias, outras imagens de marca, na procura, eventualmente pouco sustentada, da diferença.

As imagens de marca têm de ser legítimas e genuínas, devem ser inspiradas na História e na Tradição…

As nossas claraboias continuam presentes, numa terra que procura mudança…

Não ceguem os telhados de Fafe!

Sem comentários: