NAVEGUE PELO BLOGUE

20 de fevereiro de 2018

IGREJA MATRIZ UMA PIA BAPTISMAL DO SÉCULO XVI

Pia baptismal da Igreja Matriz de Fafe


Uma visitação datada de 1571 refere que, nessa altura, a Igreja de Santa Eulália de Fafe estava em obras de beneficiação, na nave e na capela-mor.
Nessa visitação, feita por D. João de Sousa, da Colegiada de Guimarães, foi dada ordem ao pároco que mandasse fazer uma pia baptismal nova.
E assim aconteceu. A pia foi talhada em granito fino da região, para ser colocada no baptistério, junto à entrada principal do templo.
Durante 442 anos a pia baptismal foi mantida no local, e nem a profunda remodelação da igreja, realizada no século XVIII, terá mexido com ela.


Pia baptismal do séc. XVI no interior do templo
Foto - SIPA - Monumentos PT


Mais de dois séculos depois, em 2013, os responsáveis pelo último restauro da Igreja Matriz local, resolveram retirar a antiga pia do baptistério, encostando-a a uma das paredes das Capelas Mortuárias, à intempérie, sujeita a agressões…
No local do antigo “monumento”, da segunda metade do séc. XVI, foi colocada uma esguia e moderna pia que, outrora, serviu para conter agua benta.


Aspecto actual do "baptistério"


Partindo do princípio de que somos todos, (também perante a Lei), responsáveis pelo Património Histórico, esta foi uma prática, no mínimo, questionável.
As igrejas são lugares de culto e são também Património Religioso que devemos preservar, o mais possível, no seu estado original.
 Os milhares de pessoas que receberam o sacramento do baptismo naquela “velha” pia, certamente gostavam de a ver, conservada, em local apropriado… eu, particularmente, também…


Sem comentários: